Aproveite as festas juninas sem sair da dieta

festajuninadieta

Gente, o mês de junho é tudo de bom, não é verdade? Além da comemoração do Dia dos Namorados (que já passou), o mês é conhecido pela tradição das festas juninas ao redor do país.  Mas, é claro que além das fogueiras, quadrilhas e o eterno clima de paquera pra quem está solteiro, o melhor da festa é mesmo a comida! Isso mesmo, aquelas tentações gastronômicas capazes de tirar qualquer um da dieta mais rigorosa!

De acordo com Flavia Morais, coordenadora de nutrição da rede Mundo Verde, a saída é consumir estas delícias de forma equilibrada, apostando em opções gostosas, porém balanceadas.

“O ideal é optar por quitutes mais saudáveis e comer com moderação. É importante elaborar receitas com alternativas de baixo teor calórico, com menos gorduras e açúcares. No caso do arroz doce, por exemplo, a proposta é trocar o leite integral pelo desnatado”, indica.

Flavia também alerta para a ingestão de bebidas alcoólicas que, além de desidratar, são calóricas. “Além de beber com moderação, recomenda-se intercalar o consumo de bebidas alcoólicas com água ou suco natural de frutas, o que dilui os componentes alcoólicos e evita a desidratação”, explica.  #ficaadica

Já o gengibre e a canela, ingredientes presentes em diversas receitas da época, estão liberados. “Eles possuem ação termogênica, que contribuem no aumento da temperatura corporal, acelerando o metabolismo e aumentando a oxidação das gorduras,” ressalta Flávia.

Foto: juvidaalternativa.blogspot.com.br

Foto: juvidaalternativa.blogspot.com.br

Agora aproveita pra dar uma olhadinha em outros alimentos recomendados para a ocasião:

Milho
O milho pode ser utilizado de várias formas nas festas juninas, desde assado na espiga, como para preparo de bolos e broas na forma de farinha de milho (fubá). O milho, como todo cereal, é rico em carboidratos que são responsáveis pelo fornecimento de energia ao organismo. É fonte de fibras que auxiliam no bom funcionamento intestinal, além de ser fonte de vitaminas A, C, folato, tiamina, potássio e ferro.

Abóbora
Ingrediente principal do doce bastante típico das festas juninas. Possui boas quantidades de vitaminas antioxidantes, como a vitamina C e E, além do betacaroteno. Além de preparar o doce, a abóbora também pode ser utilizada para preparo de creme com gengibre. O betacaroteno é um precursor da vitamina A no organismo, que possui ação antioxidante, estimula a proliferação de células de defesa, é importante para o crescimento e desenvolvimento ósseo e contribui para a integridade da mucosa epitelial. Além disso, esta vitamina é importante para visão noturna e previne xeroftalmia.

Pinhão
Apesar de ser fonte de amido, o que o torna rico em calorias, também contém vitaminas do complexo B, cálcio, fósforo e proteínas. Fonte de ômega 6 e ômega 9, que auxiliam no controle do colesterol sanguíneo.

Arroz
O arroz é rico em amido, sendo uma ótima fonte de energia. Possui ainda proteínas e vitaminas do complexo B. Essas vitaminas participam de várias reações em nosso organismo, dentre elas aquelas que envolvem a produção de energia. Experimente preparar a tradicional receita de arroz doce utilizando arroz integral, condensado de soja ou leite condensado diet e açúcar mascavo ou adoçante para forno e fogão.

Amendoim
O amendoim é uma semente oleaginosa, rica em nutrientes como: proteínas, ácidos graxos poliinsaturados, vitamina E, vitaminas do complexo B e minerais como: potássio, fósforo, cálcio, ferro, zinco e manganês. O amendoim é um alimento energético, os ácidos graxos poliinsaturados atuam na proteção contra doenças cardiovasculares, pois auxiliam na regularização dos níveis de colesterol. O amendoim é utilizado em diversos pratos típicos, como o amendoim doce, paçoca, bolos, dentre outros.

Ah! Olha só que maravilha esta receita deliciosa de Canjica Light:

Ingredientes:
1 xícara (chá) de milho para canjica
4 cravos
2 pauzinhos de canela
1 xícara (chá) de bebida vegetal de arroz
1 xícara (chá) de bebida vegetal de arroz em pó
3/4 de xícara (chá) de coco ralado seco
1 pitada de sal marinho
Adoçante culinário a gosto
Canela em pó para decorar

Modo de preparo: Cozinhe na panela de pressão o milho com dois litros de água, o cravo e a canela em pau por uma hora em fogo médio. Tire do fogo e deixe sair à pressão. Escorra o líquido e reserve o milho cozido e uma xícara do caldo. Descarte as especiarias. Transfira para a panela e misture os dois tipos de bebida vegetal de arroz, o coco, o sal, o adoçante, o caldo reservado e o milho. Cozinhe até o caldo engrossar. Salpique canela em pó e sirva em seguida.

Rendimento: 4 porções
Valor calórico: 251 Kcal por porção

Então, já sabe: o ideal é equilibrar e sempre pensar na sua saúde em primeiro lugar, viu? 😉

Fotos: destaque: blogvidadecasada.com