Pele bonita

pelebonita

É muito comum as pessoas relaxarem um pouco na estação mais fria do ano. E isto, não somente em relação ao corpo, mas principalmente nos cuidados com a pele. Mesmo diante de todos os alertas que são publicados e veiculados na mídia, há quem ainda acredita que o inverno não causa qualquer dano à pele. E é justamente aí, que mora o grande perigo.

Os especialistas, dermatologistas em geral, revelam que a pele possui uma camada mais externa, conhecida também como camada córnea e é formada por células compactadas, preenchidas por água e gordura. E é esta camada, que garante a integridade do tecido e a manutenção da quantidade de água nele.

Explicando: quando ocorrem as microfissuras na camada córnea, surge então, o ressecamento da pele. Isto porque, esse processo provoca a perda da barreira cutânea contra as agressões externas do meio ambiente, assim como a diminuição da água, o que facilita o aparecimento de doenças associadas à pele seca; tais como vermelhidão, coceiras e descamação que aparecem com maior freqüência no inverno.

A dermatite atópica, a psoríase, lesões avermelhadas e/ou descamativas mais comuns nos joelhos e cotovelos – são apenas algumas de muitas enfermidades, que podem aparecer ou se agravar nesse período de frio. Por isso, fica a velha e boa dica, proteja a sua pele. Tanto a do rosto, quanto a do corpo com filtro solar específico para hidratar e evitar os efeitos prejudiciais dos raios solares, entre outros fatores externos.

Como cuidar da pele no inverno?
De acordo com os dermatologistas, hidratar a pele é a forma correta para impedir estas alterações decorrentes no Inverno, além do ressecamento natural que as temperaturas e umidade mais baixas determinam. Mas, os hidratantes devem ser aplicados abundantemente duas vezes ao dia, pelo menos, sempre até três minutos depois do banho com a pele ainda úmida.
Lembre-se também, que a perda de água reduz a sustentação da pele, logo, propicia o desenvolvimento de rugas. Ninguém quer isso, certo?! Então, mesmo no frio – beba água! Oito copos por dia, para não perder o costume e você ficar belíssima para a estação das flores.

Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia / Foto: Shutterstock