Pele oleosa

peleoleosa2

Para quem tem a pele oleosa, o verão pode ser considerado um “quase inimigo” para muita gente, principalmente na hora de passar protetor solar, hidratante ou maquiagem. Isto porque, o brilho excessivo e o aumento da oleosidade cutânea causam tanto incômodo que muitas preferem deixar os cosméticos de lado durante o verão. E para contornar esse problema, o uso de princípios ativos que controlam a oleosidade da pele é uma boa alternativa para aproveitar a época de calor e fazer as pazes com os cosméticos durante a estação do sol. “Um princípio ativo seguro ao uso tópico pode ser usado para essa finalidade, já que consegue absorver a oleosidade da pele”, comenta a farmacêutica Natália Rodrigues.

Conhecido por sílica shells, essa matéria-prima para fórmulas manipuladas contém partículas rígidas de sílica, que conseguem absorver líquidos oleosos na superfície cutânea. De acordo com a farmacêutica, essas pequenas estruturas armazenam as substâncias oleosas da pele dentro de seu interior, que é oco, controlando a liberação de sebo na estrutura cutânea. “Além disso, consegue difratar a luz e faz com que a pele fique sem aquele brilho característico da oleosidade”, complementa.

Esse ativo pode ser incorporado em fórmulas manipuladas com outros princípios, desde que sejam livres de óleo (oil free). “Isto porque sílica shells pode absorver qualquer substância oleosa em seu interior. Até para o próprio bem-estar da pele oleosa é mais bem indicado na forma de géis ou cremes livres de oleosidade”, finaliza.

Para acalmar a pele oleosa
Além de ação sebonormalizante como a de sílica shells é importante que a pele oleosa tenha à disposição formulações com efeito calmante e suavizante, que não a deixem irritada e que sejam livres de oleosidade. Exemplos disso é o extrato glicólico da camomila, do chá verde, de aloe vera, própolis ou o ativo sensiline (sempre indicados por um dermatologista).

Vale ressaltar também que os produtos mais adequados ao seu cuidado são os que não retiram em excesso a gordura da superfície da pele. Os hidratantes também são indicados, porque mesmo sendo oleosa a estrutura cutânea precisa que seu conteúdo hídrico seja mantido, para manter-se íntegra e saudável.

Foto: Reprodução