Seios turbinados

Não é regra, mas boa parte das mulheres que decide aumentar os seios deseja um visual feme fatale. Mas, o que muitas se esquecem é que exagerar na dose da prótese de silicone pode ocasionar problemas sérios de saúde. Há um tempo a cirurgia plástica específica para a área das mamas era restrita aos casos de redução do volume, mas principalmente quando a pessoa apresentava algum tipo de incomodo na coluna por causa do excesso de gordura nas mamas, como é o caso da estudante de Pedagogia Alessandra Mattos, 30, que não se arrepende da cirurgia que a deixou mais magra e saudável. “Antes de retirar o excesso, me sentia mal pela aparência e as blusas que não ficavam bem. Além disso, sentia muita dor na coluna e o volume já estava comprometendo minha postura”, conta.

O pecado da vaidade

Hoje a tendência dos seios turbinados faz com que muitas mulheres invistam nas próteses de silicone com objetivo explícito de valorizar a região do colo. O aumento dos seios era algo mais discreto e satisfatório antigamente, isto é, até poucos anos as mulheres ficavam realizadas apenas em aplicar uma pequena quantidade.

Hoje, o cenário é bem diferente. Quanto mais, melhor! Quanto maior volume, maior o poder de sedução da mulher! O que era 150, 200, no máximo 250 mililitros, hoje se tornou em 350 para mais. Os implantes são bem maiores – mesmo naquelas que têm baixa estatura, o que compromete o visual.

Por que afinal colocar tanto volume assim? Será que é simplesmente para reafirmar que você está com tudo e muita prosa? A modelo Mayara Zanini, 25 teve uma experiência negativa ao colocar 220 ml em cada mama: “Eu já tinha seios num tamanho razoável, mas por causa da profissão quis mudar um pouco. No começo fiquei linda, sensual e maravilhosa. Depois de um tempo comecei a sentir dores freqüentes nas costas e um grande desconforto. Optei por retirar a prótese recentemente”, confessa.

Para quem não tem nada de seios – uma prótese um pouco maior não fica vulgar e nem tão chamativa, mas extrapolar os padrões normais pode trazer problemas à saúde entre muitas outras dores de cabeça. Vamos combinar que tudo que é demais não é legal.

Nem tanto ao sol, nem tanto a lua

Tudo bem que a região do colo é muito sexy. Os seios são símbolos de poder e feminilidade e dão um up na auto-estima, quando estão em harmonia com o conjunto. Mas, exceder pode prejudicar a silhueta, provocando até, transtornos mais complexos e difíceis de serem tratados. O ideal é buscar ajuda profissional. Conversar com o médico antes de fazer besteiras é o primeiro passo.

Você pode e deve ficar bonita o tanto quanto deseja, mas escute seu médico. Se ele achar que você está exagerando, escute-o, pois ele tem razão. Leia muito e tenha consciência de que, o exagero não significa o belo e vice-versa. Portanto, analise com cautela, busque informações e tome a decisão acertada.

Antes de se arrepender ou ter dores de cabeça lá na frente, tire um tempo para pensar e ver se tudo isso não é apenas uma fase de baixa estima e que você está apenas precisando se auto-afirmar. A vaidade em excesso também é prejudicial. Lembre-se que toda a cirurgia feita com bom senso e no momento certo pode trazer um lindo resultado com final feliz.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
www.cirurgiaplastica.org.br